Projeto Orinoco: Águas que atravessam as fronteiras

Considerando a atual emergência em Roraima, diante da crise humanitária que o país vizinho vivência (Venezuela), a Cáritas Brasileira em parceria com a Cáritas Diocesana de Roraima está desenvolvendo um novo projeto social, que visa promover o abastecimento de água, saneamento e promoção de higiene para a população em situação de rua. O projeto Orinoco: Águas que atravessam fronteiras, faz alusão ao rio venezuelano que desagua na Amazônia brasileira, e conta com o financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID/OFDA).

O Orinoco vai atender famílias em extrema situação de vulnerabilidade, com construção de banheiros, espaços para banho com chuveiros, lavanderia e instalações de bebedouros, além de promover a saúde e higiene para as pessoas que vivem desabrigadas na cidade de Boa Vista e em Pacaraima. Na capital de Boa Vista os locais de construção serão: Igreja Nossa Senhora da Consolata, bairro São Vicente, e na Igreja Santo Agostinho, bairro Pricumã.

Em Pacaraima, as famílias serão assistidas com as instalações nas dependências da igreja Nossa Senhora Perpétuo Socorro, onde já acontece, de segunda a sábado o Café Fraterno para mais de mil migrantes venezuelanos. Além do Centro de Formação Pastoral, ao lado do Ginásio Esportivo de Pacaraima, que também receberá o novo projeto humanitário.
Situação
01/06/2019
08/07/2019
12/09/2019
09/10/2019
09/10/2019

Início do projeto.

O Projeto Orinoco: Águas que atravessam as fronteiras se iniciou em junho de 2019.

Formação da equipe e início das atividades.

Formação da equipe selecionada do projeto Orinoco e início das atividades em Boa Vista.

Primeira atividade do projeto.

A equipe de promoção de higiene do projeto Orinoco promoveu sua primeira atividade em conjunto com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), na ocupação indígena K’Ubonoco, no bairro Jóquei Clube, em Boa Vista-RR.

Lançamento do programa "Rádio Orinoco".

O objetivo do programa é sensibilizar e fortalecer processos de integração entre brasileiros e venezuelanos em Boa Vista.

Restauração da Igreja Santo Agostinho.

Inicio da restauração do espaço da Igreja Santo Agostinho.