Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

XIX Congresso da Cáritas América Latina e Caribe reafirma compromisso com os empobrecidos e defesa da vida em todas as suas etapas e formas

11 de fevereiro de 2019

Ao final do XIX Congresso da América Latina e Caribe, realizado em Valle de Angeles, Honduras, entre 3 e 7 de Fevereiro, sob o lema “Igreja na saída que transforma e cuida da Casa Comum”, representantes de 22 Cáritas da Região, reafirmaram o compromisso de continuar acompanhando a realidade latino-americana, especialmente no que diz respeito às populações mais vulneráveis ​​e no cuidado com a Casa Comum.

Durante a reunião de cinco dias, representantes da Cáritas Internacional, Cáritas Europa e Estados Unidos, também participaram. Pautado a partir da metodologia do Ver-Julgar-Agir, o momento foi marcado por uma programação que contemplou conferências e oficinas temáticas para identificação e reflexão a respeito das tendências e desafios da América Latina. As oficinas abordaram temas como migração, cuidado com a Casa Comum, fortalecimento das Cáritas paroquiais e diocesanas, novas economias, democracia, governabilidade e corrupção.

Os representantes das 22 Cáritas na América Latina e Caribe refletiram sobre os desafios da missão no atual contexto a partir do tema “Igrejas em saída que transforma e cuida da Casa Comum”.

No último dia de atividades os participantes foram provocados a refletir a partir da seguinte pergunta: Como a Cáritas ouve e responde aos gritos dos empobrecidos a partir de sua experiência? Esta reflexão foi assessorada pelo secretário do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, Bruno Marie-Duffe. Entre os destaques de sua colocação o secretário assinalou que a identidade da missão da Cáritas está identificada com quatro verbos: acolher, promover, sustentar e acompanhar com a caridade de Deus, e que seu trabalho está em levar adiante a verdadeira Igreja em saída.

A declaração final do Congresso também aponta outros desafios: “Temos experimentado a presença do Espírito de Deus e a força de nossos mártires para discernir a realidade de dor e de sofrimento de nosso povo pobre que sofre os rigores da exclusão, a fome e a miséria; a falta de oportunidades de desenvolvimento; a migração forçada; o tráfico de pessoas, a fragilidade democrática, como resultado da corrupção; o extrativismo voraz que danifica e destrói a Casa Comum e outros males causados ​​pelo egoísmo de um modelo econômico que reduz o ser humano à categoria de consumidor, descartável, quando não responde às exigências do mercado”.

O Congresso contou com a participação de convidados como o secretário geral da Cáritas Internacional, Michel Roy

Em outro ponto, o texto destaca que: “Assumimos o convite que o Papa Francisco nos faz para que a América Latina se abra ao caminho da paz e do desenvolvimento integral de seus povos, porque seu rosto está ferido por tanta violência… Neste contexto, a missão da Cáritas é promover uma nova civilização do amor e buscar a solidariedade. Participar da vida social nos torna artesãos do nosso destino comum e cuidadores dos dons recebidos e transformadores de um futuro livre de violência”.

A declaração conclui com uma série de nove compromissos assumidos pela Cáritas na América Latina e Caribe, entre os quais se destacam: defender e promover a primazia da pessoa humana e o lugar predominante dos direitos humanos em nosso trabalho pastoral; cuidar da Casa Comum e defender a vida em todas as suas formas e em todas as suas etapas, desde o compromisso com uma ecologia integral e em defesa das culturas.

O Congresso também foi marcado por momentos celebrativos e orantes nos quais cada país pôde compartilhar aspectos da espiritualidade e devoção popular

Finalmente, a Assembleia agradeceu a mensagem enviada pelo Papa Francisco em uma carta resposta que diz: “Comprometemo-nos, como Cáritas, em todos os níveis, a continuar acompanhando nossos povos, especialmente os irmãos mais vulneráveis; defender a sua dignidade e também a vida em todas as suas formas e em todas as suas etapas; cuidar da Casa Comum e defender a irmã mãe terra”.

Leia aqui a Mensagem do XIX Congresso da Cáritas América Latina e Caribe

Por Jucelene Rocha

 

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br