Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Rede Cáritas na Indonésia se mobiliza para ajudar as vítimas do tsunami

03 de outubro de 2018

Yohanes Baskoro, coordenador da Caritas Indonésia, admite que ” levará muito tempo para a recuperação desse desastre”

A Cáritas Indonésia (conhecida localmente como KARINA) está fazendo, desde as primeiras horas após o forte terremoto e subsequente tsunami que atingiu na última sexta-feira (28) as costas orientais das Ilhas Sulawesi, uma identificação das necessidades mais urgentes, em coordenação com as agências do Governo e outras agências humanitárias não-governamentais.

Resposta às necessidades básicas

De acordo com as informações fornecidas por Karina à rede internacional da Cáritas, há uma grande necessidade de alimentos, água, abrigo temporário e medicamentos, que são as prioridades em que a rede Cáritas na Indonésia está concentrando as ações de resposta nesta primeira fase da emergência e em que, com toda a probabilidade, terá que continuar a se concentrar nos próximos meses.

Nas palavras de Yohanes Baskoro, coordenador de programas da Cáritas Indonésia, “levará muito tempo para a recuperação desse desastre”. “É provável que as vítimas sejam mais de 1.000 pessoas, porque há muitos lugares que ainda não foram visitados, por isso realmente não podemos saber o que aconteceu. Essa catástrofe causou muitas mortes e os desafios práticos para ajudar os sobreviventes são enormes”, acrescenta.

Equipe da Cáritas em Palu

Uma equipe de avaliação da diocese de Makassar, localizada ao sul de Sulawesi, está viajando por terra até Palu, no norte da ilha, onde coloca a “zona zero” da catástrofe. A distância é de 500 km e normalmente dura 9 horas, mas as estradas estão danificadas e o acesso à área atingida é muito complicado. Outra equipe está viajando de Jacarta, mas os aeroportos também estão muito saturados com a chegada de pessoal humanitário.

Além de colaborar na resposta à emergência, essas equipes avaliarão as prioridades das vítimas no campo, a fim de elaborar uma resposta orientada para cobrir as necessidades mais urgentes e as primeiras medidas de reconstrução.

Apelo por ajuda

Estima-se que nos próximos dias a Cáritas Indonésia emita um pedido de ajuda a toda a rede Cáritas para canalizar a ajuda financeira para as várias fases da emergência, pós-emergência e reconstrução.

A Cáritas Indonésia (KARINA) está seguindo o procedimento de resposta de emergência da rede Cáritas para apoiar uma ação integrada entre a diocese de Manado (Sulawesi do Norte) e a Comissão Arquidiocesana Cáritas Makassar. Ambos serão responsáveis ​​pela resposta a esta emergência, sob a coordenação da KARINA.

A diocese de Makassar permitirá que alguns de seus edifícios acomodem os deslocados que chegarão de Palu nos próximos dias. Enquanto em Manado os pátios das igrejas estão sendo habilitados como abrigos temporários. O diretor diocesano pediu às paróquias doações para enfrentar a resposta inicial, enquanto grupos de jovens voluntários se mobilizaram para ajudar as vítimas.

Mais de 1.200 mortos e 48.000 deslocados

De acordo com atualizados pela Agência Nacional de Gestão de Desastres da Indonésia (BNPB) de dados, o número de mortos do terremoto e do tsunami subsequente é de pelo menos 1.234 mortos, 799 feridos seriamente além admitiu a diferentes hospitais.

Serviços de eletricidade, água e gás são interrompidos. Milhares de pessoas não têm comida nem água, enquanto os centros de pessoas deslocadas não param de receber vítimas em busca de necessidades básicas. Em uma contagem inicial, 48.000 pessoas abrigadas em abrigos temporários já foram contadas.

O único acesso para chegar à cidade de Palu é através de Mamuju Pasang Kayu e Donggala. Esta rota está agora muito ocupada, pois é a única maneira de obter ajuda para a área afetada. As condições da estrada, as limitações nas comunicações e a falta de estações de serviço são desafios reais para a equipe de Cáritas Makassar tentando alcançar a área.

Até agora, as necessidades mais urgentes identificadas são água potável, alimentos, medicamentos e pessoal médico e comida para bebê, bem como combustível, tendas, tanques de água, equipamentos de iluminação, geradores, malas, cobertores e lençóis.

Fonte: Cáritas Espanha

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br