English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Rede Bodega e Cáritas Brasileira Regional Ceará ganham Prêmio FBB de Tecnologia Social 2017

27 de novembro de 2017

A vida e os sonhos de muitas pessoas constroem a experiência cotidiana da Rede Bodega de Comercialização Solidária. Desde quando a articulação foi criada em 2008 entre os grupos de economia solidária acompanhados pela Cáritas Brasileira Regional Ceará, a Rede Bodega representa um espaço de convergência em torno da desafiante e possível economia pautada nas relações sociais igualitárias e justas e na produção sustentável, agroecológica e solidária.

O valor desta ação, protagonizada por mulheres e homens de cinco grupos espalhados pelo território cearense, nas periferias e nos sertões, foi reconhecido no Prêmio Fundação Banco Brasil de Tecnologia Social 2017.

A Rede Bodega, como tecnologia social, e a Cáritas Brasileira Regional Ceará, como instituição, ganharam na categoria Economia Solidária do Prêmio Fundação Banco Brasil (FBB) e a melhor tecnologia pelo júri de funcionárias e funcionários do Banco do Brasil e da Brasilcap, que contou com mais de 13 mil votos para os 21 finalistas de todas as categorias do prêmio neste ano de 2017.

Maria Francisca Moraes de Souza, da Associação Mulheres em Ação e da Budegama, recebeu os prêmios representando a Rede Bodega junto com Alessandro Nunes, assessor da Cáritas Brasileira Regional Ceará, representando a instituição.

BODEGA 1

Cristina Velasco, gerente de Responsabilidade Social Corporativa da Brasilcap, frisou que os votos da instituição no júri dos funcionários levaram em conta a tecnologia que ressalta o papel da mulher, em consonância com o quinto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Organizações das Nações Unidas, a igualdade de gênero.

Na fala de apresentação da Rede Bodega, durante o Fórum Internacional de Tecnologia Social, realizado pela FBB nos dias anteriores (21 e 22 de novembro), Maria Francisca, teve a oportunidade de destacar a mulher como “força maior” na composição da Rede e compartilhar as mudanças significativas que acompanhou nas colegas em relação à autoestima, ao cuidado de si e o fortalecimento da relação entre elas, fator fundamental para que esta rede siga firmemente entrelaçada.

Para Izabel Cristina Lima, assessora da Cáritas Regional Ceará na ação com Economia Solidária e que acompanha a Rede Bodega desde o seu nascimento, a certificação de tecnologia social e a conquista dos prêmios representam um reconhecimento muito grande desta prática de economia solidária. Muito mais do que a premiação em dinheiro pode trazer, a premiação permite algo central para quem acredita na economia solidária como outro modelo de vida: “Possibilita pra gente divulgar um modelo de sociedade, de produção, de consumo, de comercialização que acontece no dia a dia e que não é visto em lugar nenhum. Que não passa nas grandes mídias, que não repercute nas redes sociais. E agora, com o prêmio, essa visibilidade se torna algo concreto. (…) A grande moeda dessa história toda é isso”, destaca Izabel.

A premiação aconteceu em Brasília na noite da última quinta-feira, 23 de novembro. Esta foi a nona edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, que revela e reconhece o trabalho da sociedade civil organizada para atender demandas populares em diversas áreas, com grande poder de transformação de histórias de vida em todo o país. Nesta edição, o prêmio também foi concedido a iniciativas da América Latina e do Caribe que concorreram na categoria Internacional.

O prêmio tem cooperação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e o apoio do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), do Banco Mundial, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Nos dois dias que antecederam a premiação, a FBB realizou o Fórum Internacional de Tecnologia social, do qual participaram as tecnologias sociais finalistas e certificadas.

Por Raquel Dantas, Cáritas Brasileira Regional Ceará

MAGRE BRASIL

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br