COLABORE

Fortalecimento da Economia Solidária no Brasil

O projeto acontece em parceria da Cáritas Brasileira com financiamento da União Europeia.

A ação acontece em todo Brasil com prioridade para as regiões Norte e Centro-Oeste por um período de dois anos e meio. Os empreendimentos econômicos solidários estão nos segmentos de agricultura familiar, reciclagem de resíduos sólidos, pesca artesanal e finanças solidárias. Os 120 empreendimentos são constituídos por populações em situação de vulnerabilidade, como agricultores/as familiares, catadores/as de materiais recicláveis, quilombolas, populações ribeirinhas e pescadores artesanais.

Dessa forma, o projeto incide fortemente na capacidade gerencial e de articulação dos empreendimentos, para que se integrem a fóruns e redes e, por meio da ação coletiva, consigam influenciar o Estado e a sociedade civil em seus territórios para que assumam medidas voltadas para consolidar a Economia Solidária como alternativa de geração de renda e de formação das populações em situação de vulnerabilidade.

Os empreendimentos apoiados são capacitados intensivamente nas ferramentas de gestão da Economia Solidária, para que desde o princípio estejam bem definidos os requisitos de sustentabilidade e de aplicação dos recursos.

Os beneficiários finais da ação são os familiares e comunidades dos empreendedores econômicos solidários, assim como a população em geral.