Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Projeto no Semi-Árido beneficiará cerca de 25 mil pessoas até 2010

19 de março de 2008

Cáritas NE 2 e gestores públicos discutem intervenção conjunta em cinco municípios do semi-árido nordestino

Gestores públicos de cinco municípios dos Estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas reuniram-se com representantes da Cáritas Brasileira Regional NE2 (AL, PB, PE, RN), na quinta-feira (13/3), em Campina Grande (PB), para discutir a participação das prefeituras no projeto Raízes. Calcula-se que, em 2010, o projeto vai beneficiar indiretamente cerca de 25 mil pessoas.

O projeto é uma parceria da Cáritas com a organização espanhola, Manos Unidas, e financiada pela comunidade de Valência, na Espanha, que tem como objetivo promover a melhoria das condições de vida na região semi-árida através da ampliação do acesso à água e do aprimoramento dos modos de produção agrícola, além do fortalecimento da organização social e da atuação da população no controle das políticas públicas.

Na reunião, prefeitos, secretários municipais, técnicos da Cáritas NE 2 e representantes da Rede de Educação no Semi-Árido Brasileiro (Resab) discutiram as atividades a serem realizadas nas quatro linhas de ação do projeto: mobilização e organização social; terra e água; educação contextualizada e políticas públicas.

Segundo Ari Sezyshta, coordenador do projeto, os maiores desafios do Raízes são a sensibilização para a mudança nas práticas educacionais e a mobilização para intervenção nas políticas públicas. “Provocar educadores que mantém uma prática de ensino padronizado a traçar novas propostas de abordagem que adequem o conteúdo de sala de aula à realidade da região semi-árida não é uma tarefa simples. É preciso um processo de formação e sensibilização para que a educação contextualizada seja encarada também como política pública”, afirma.

Sezyshta ressalta a importância de qualificar as representações da sociedade civil nos conselhos de políticas públicas e de fortalecer as associações comunitárias para o monitoramento da atuação governamental. O coordenador comenta ainda que a relação com o poder público na execução do projeto deve ser de parceria, mas com atribuições e limites bem definidos, “especialmente num ano eleitoral”.

No primeiro ano de atividades, os municípios de Casserengue, Cacimbas e Poço Dantas, na Paraíba, e Ibirajuba, em Pernambuco, receberão um investimento de mais de R$ 1 milhão na realização de obras hídricas, construção de cisternas, qualificação de professores para o ensino contextualizado e na capacitação de cerca de 300 famílias para o manejo de animais e produção de alimentos adequados ao semi-árido nordestino. Em 2009, a cidade de Cacimbinhas (AL) passa a integrar as ações do projeto.

Raízes: pelo fortalecimento da vida no semi-árido

O termo raiz indica elemento de sustentação, estrutura que prende um órgão ao corpo, que alimenta os organismos vegetais. Raiz também significa fonte, origem, vínculo emocional estabelecido com um lugar, uma cultura.

É pela intenção de resgatar e fortalecer as raízes do povo de Semi-árido que o projeto desenvolvido pela Cáritas NE 2 recebe esse nome. Uma proposta de intervenção conjunta em cinco municípios cujas comunidades enfrentam realidades semelhantes: dificuldades de sobrevivência na terra onde nasceram.

O projeto Raízes visa fortalecer famílias sertanejas para a descoberta das potencialidades do Semi-árido, a partir das experiências dos agricultores, da partilha de saberes sobre estratégias de convivência com a realidade semi-árida, da democratização do acesso à água e da discussão sobre políticas públicas que atendam às necessidades daquela população, pelo resgate dos direitos humanos e pelo respeito à vida com dignidade.

As ações do projeto são executadas por cinco entidades-membro da Cáritas NE 2: Cáritas Diocesana de Caruaru, Ação Social da Diocese de Patos, Ação Social da Diocese de Cajazeiras, Cáritas Diocesana de Guarabira e Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios.

* Assessora de Comunicação da Cáritas Regional NE2 (AL, PB, PE, RN)
Helena Padilha*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br