English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Programa Infância, Adolescência e Juventude (PIAJ)

O que é?

Com o objetivo de garantir o princípio da proteção integral às crianças, adolescentes e jovens com distintas e contextualizadas metodologias e perspectivas, fortalecendo as comunidades e coletivos na construção de uma sociedade em que a violência seja superada e uma cultura de paz e tolerância sejam efetivos entre todos e todas. O Programa Infância, Adolescência e Juventude (PIAJ), incentiva e apóia atividades educativas com foco no Estatuto dos Direitos da Criança e Adolescentes e outros referenciais de apoio na defesa e proteção destas categorias sociais, estimulando a participação política em suas comunidades, Conselhos de Direito e Fóruns da Criança, Adolescente e Juventude.

Como começou?

No início da década de 2000, a Cáritas Brasileira define uma política nacional para infância e adolescência como horizonte político pedagógico para sua ação. Intensifica-se a formação para o protagonismo e o trabalho junto aos Conselhos de Políticas Públicas incorporados à juventude. É neste contexto que nasce o PIAJ, o Programa de Infância, Adolescência e Juventude da Cáritas Brasileira, que vincula a garantia e a promoção dos direitos deste público à concepção de desenvolvimento solidário e sustentável.

O que realizamos?

A Cáritas Brasileira realiza encontros nacionais de adolescentes, formação política com grupos e comissões regionais de adolescentes e jovens a partir das campanhas e mobilizações para garantia de direitos.

Dentre as ações desenvolvidas podemos destacar: o Voto Adolescente, o Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual, a Participação na Gestão de Políticas Públicas, a campanha contra a redução da maioridade penal, seminários regionais e nacionais com temáticas sobre a conjuntura atual e elaboração dos planos de ação regional e nacional. Por meio do PIAJ, a Cáritas também tem atuado nos espaços de mobilização para efetivação dos direitos, como na prevenção e erradicação do trabalho infantil, campanhas contra a violência e extermínio de jovens e pela aprovação do Estatuto da Juventude.

O conjunto dessas ações está justificado a partir das demandas apresentadas pelos indicadores sociais que apontam situações de vulnerabilidade social e violações dos direitos humanos envolvendo infância, adolescência e juventude no Brasil.

Nossos horizontes

O desafio para a sociedade brasileira é o enfrentamento das múltiplas violências (domestica, cultural, econômica, institucional e social) que envolvem tais sujeitos, garantindo o princípio da proteção integral, afirmados nos instrumentos nacionais e internacionais (Constituição Federal, Estatuto da Criança e Adolescente, indicadores das Conferências Nacionais, Convenção Internacional sobre os Direitos das Crianças, Adolescentes e Jovens). Agindo assim, podemos chegar à consolidação total dos Direitos Humanos para toda a humanidade, pois enquanto tivermos Direitos Humanos violados, teremos crianças, adolescentes e juventudes em situação de exclusões sociais e vulneráveis às diversas violências.  

Para ler notícias relacionadas ao tema CLIQUE AQUI

SOS HAITI FURACÃO

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br