English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Nenhum direito a menos!

03 de março de 2017
bandeira1 (1)

Brasília-DF, 24 de fevereiro de 2017

Saudações especiais!

Para o Dia Internacional das Mulheres, 8 de março, está sendo convocada a Greve Internacional das Mulheres. Proposta por dezenas de movimentos de mulheres em vários países do mundo, a Greve Internacional das Mulheres servirá como protesto contra o feminicídio, as desigualdades, todas as formas de violências contra as mulheres, a exploração das mulheres no trabalho e na economia e a desumanização feminina.

A iniciativa vem ganhando força e, mesmo na diversidade de intencionalidades, a Rede Cáritas Brasileira mobiliza para que todas as mulheres façam adesão à paralisação e anima para a presença das mesmas nos espaços de manifestações propostos nos vários territórios de atuação.

A Rede Cáritas, refletindo com o Grupo de Trabalho de Mulheres, propõe que a seguinte bandeira de luta unifique a Cáritas nas mobilizações: Pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Nenhum direito a menos!

Queremos com esta mobilização animar cada mulher da Rede Cáritas para aderir à greve, dando a devida visibilidade para a mesma e somando com outras milhares de mulheres organizadas em todo o mundo.

Vamos utilizar as seguintes hashtags como expressão de nossa luta: #mulherescaritas #8M #NemUmaAMenos e outras relacionadas às mobilizações. Segue também uma proposição de arte para imprimirmos os materiais necessários para as mobilizações (cartazes, bandeiras, camisetas e outros).

Mulheres e homens, vamos à luta! Pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Nenhum direito a menos!

Alessandra Miranda; Aline Justino; Cristina dos Anjos; Elizangela Matos; Keila Maraes e Regilvânia Mateus.
Grupo de Trabalho Mulheres

Acesse a página especial do Dia das Mulheres

Leia mais:

Congresso da Cáritas divulga Carta de Aparecida

Cáritas Brasileira lança carta: “Nenhum direito a menos!”

Cáritas e pastorais publicam Carta em Defesa da Democracia

“A PEC 241 é injusta e seletiva”, diz CNBB em nota pública

Comissão da CNBB se solidariza com militante do MST preso

CNBB divulga nota sobre o momento nacional

SOS HAITI FURACÃO

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br