COLABORE

Cáritas inaugura instalações sanitárias para população migrante em situação de rua

Projetos

A instalação na Igreja Nossa Senhora da Consolata completa duas semanas em funcionamento

Publicação: 11/01/2020


Dom Mário, Presidente da Cáritas Brasileira, abençoa o espaço que receberá centenas de migrantes nos próximos meses. foto: Adriana Duarte (Voluntária do Orinoco)

A Cáritas Brasileira, em parceria com a Cáritas Diocesana de Roraima, por meio do projeto Orinoco: Águas que atravessam fronteiras completa duas semanas de inauguração a segunda instalação de Wash, nas dependências da Igreja Nossa Senhora da Consolata, no bairro São Vicente, zona Sul de Boa Vista (RR). A estrutura comporta banheiros sanitários, chuveiros, lavatórios com pias, além  bebedouro de 200 litros com água potável e filtrada. Além disso, conta também com máquinas industriais de lavar roupas e secadora industrial para roupas. O espaço oferece local adaptado para pessoas com deficiência física e sistema sustentável, com captação de água da chuva. O projeto recebe financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento  (USAID/OFDA).



A equipe do projeto trabalha dentro e fora das instalações, com foco no melhor atendimento a migrantes em situação de rua. foto: Adriana Duarte (Voluntária do Orinoco)


Para ter acesso às instalações, as famílias passam por um processo de cadastro social, recebem um cartão com QR-Code, por meio do qual acontece a identificação de cada membro da família cadastrada. “O cartão é por família, ou seja, todos os membros da família podem ter acesso às instalações com esse cartão. Isso também é uma forma de monitorarmos os dados de quantas pessoas usam as instalações cada dia da semana e para quais serviços, como tomar banho e lavar roupa”, explica a assessora de emergência local do projeto Orinoco, Nara Malta. Ela ainda destacou que o cadastro é feito de forma permanente. “Sabemos que a cada dia chegam mais famílias migrantes aqui na cidade, então, estaremos diariamente cadastrando essas famílias para que tenham acesso às nossas instalações, como forma também de ajudar a reestruturar a vida dessas pessoas, que chegam em vulnerabilidade, por conta da migração forçada”.


Orinoco

O projeto humanitário Orinoco tem o objetivo de oferecer água, saneamento e higiene a famílias de migrantes e refugiados venezuelanos, além de famílias brasileiras que vivem em situação de rua ou em ocupações de prédios públicos e casas abandonadas, tanto na capital Boa Vista, quanto na cidade fronteiriça de Pacaraima. A primeira instalação Wash do projeto passou a funcionar em outubro desse ano, na Igreja de Santo Agostinho, no bairro Pricumã.


No último mês iniciou-se da construção da terceira instalação de Wash, com 08 banheiros sanitários, 08 banheiros com chuveiros, 14 lavatórios com pias, instalação de 02 máquinas industriais de lavar roupas, 01 secadora industrial de roupas, 4 banheiros portáteis, 01 bebedouro de 200 litros, sistema de captação de água pluvial e sistema de painéis solares, em Pacaraima, no Centro de Formação Comunitária, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus. A previsão é que a instalação em seja inaugurada em fevereiro de 2020.


Instalação Wash

Com o projeto, além da garantia da higiene básica, com abastecimento de água, saneamento e orientação para o autocuidado, pretende-se promover a dignidade das pessoas que se encontram em situação de rua. Por isso, o projeto oferece locais adequados para a higiene pessoal, com espaços para banho, lavanderia e instalações de bebedouros, o que evita, consequentemente, a proliferação de doenças. As instalações são geridas por uma equipe multidisciplinar que conta, entre outros profissionais, com educadores e assistentes sociais. 


Tag