COLABORE

Ajuda humanitária chega à zona rural da Bahia

Áreas de Atuação

Por meio de parceria com a AVSI Brasil, Cáritas Brasileira realiza a entrega de 200 cestas básicas a famílias atingidas pelas enchentes.

Publicação: 29/04/2022


A organização AVSI Brasil, em parceria com o Programa Pátria Voluntária e a Fundação Banco do Brasil, realizou a doação de 200 cestas básicas para as famílias atingidas pelas enchentes na zona rural de Itabuna/BA em dezembro de 2021 e início de 2022. Isso permitiu ampliar a área de atuação do programa Resposta Emergencial Bahia e Minas Gerais, realizado pela Cáritas Brasileira, visto que esse projeto tem como foco a zona urbana. 


Erenice Araújo Soares, agricultora familiar integrante da Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Vila de Itamaracá

Erenice Araújo Soares, agricultora familiar integrante da Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Vila de Itamaracá


“Agradeço muito pela doação, porque nas enchentes nós ficamos aqui apertados sem poder fazer uma compra. Ficamos dependendo de favor dos outros, porque ponte e estrada nós não tínhamos”, revelou Erenice Araújo Soares, agricultora familiar integrante da Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Vila de Itamaracá.


A ação beneficiou 19 associações de agricultores e agricultoras familiares atingidas pelas enchentes na região, e contou com a parceria da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município de Itabuna, que disponibilizou equipe e o transporte para a entrega das cestas básicas.




As ações da AVSI, com os parceiros Fundação Banco do Brasil e Pátria Voluntária, preveem a distribuição de 2250 cestas básicas, no total, o que alcançará cerca de 9 mil pessoas. A iniciativa terá como destino os municípios de: Aurelino Leal, Camacã, Ibicaraí, Ilhéus, Itabuna, Itajuípe, Itapitanga, Ubaitaba e Uruçuca. 


Por sua vez, o programa Resposta Emergencial Bahia e Minas Gerais é fruto do consórcio entre Cáritas Bélgica, Cáritas Suíça e a Cáritas Brasileira, com o financiamento da Direção-Geral da Proteção Civil e das Operações de Ajuda Humanitária da União Europeia (DG ECHO).


Com o objetivo de atender às necessidades emergentes de aproximadamente 24.000 pessoas, a iniciativa trabalha com 03 eixos de ação humanitária, sendo eles: auxílio monetário (cartões multipropósito de R$ 3.000 cada); entrega de kits de higiene e limpeza; apoio para estruturação/fortalecimento de abrigos. Serão contempladas famílias nos municípios de Itabuna, Ilhéus, Itajuípe, Itamaraju, Jucuruçu e Dário Meira, na Bahia, e Palmópolis e Rio do Prado, em Minas Gerais.


Fotos: Fernanda de Souza Oliveira/Agora na Rede




Tag