Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Na Quaresma, um gesto de solidariedade para com os migrantes

23 de março de 2018

Na carta divulgada para motivar a vivência desta última semana da Quaresma e a Páscoa no clima da campanha mundial “Compartilhe a viagem”, que mobiliza países, pessoas e comunidades para a acolhida de migrantes e refugiados, o arcebispo de Manila e presidente da Cáritas Internacional, cardeal Luis Antonio Tagle, cita as inúmeras viagens de Jesus, que começaram antes do seu nascimento, até a última viagem, ao Calvário. “Ressuscitando dos mortos, Cristo nos convida a remover as pedras que bloqueiam o coração e a imaginação, e a compartilhar a viagem com os outros, em especial os mais vulneráveis, como os migrantes”, diz um trecho da carta.

“Não precisamos necessariamente fazer coisas extraordinárias e extravagantes para mudar a vida das pessoas. Pequenos gestos, gestos ordinários, se feitos com sinceridade, se iluminados pela compaixão humana, podem fazer coisas extraordinárias”, lê-se ainda na mensagem. “Nós os convidamos a ver Jesus nos migrantes e em vocês mesmos.”

O cardeal Tagle no gesto que marca a campanha "Compartilhe a viagem", os braços abertos.

O cardeal Tagle no gesto que marca a campanha “Compartilhe a viagem”, os braços abertos.

Compartilhe a viagem

No texto, o cardeal Tagle anuncia que de 17 a 24 de junho haverá uma semana de ação no mundo inteiro, inclusive no Brasil, no âmbito da campanha “Compartilhe a viagem”. Neste período de quaresma e Páscoa, de modo especial, o convite é para compartilhar uma refeição com os migrantes, “para recordar que somos uma só e única família mundial e precisamos um do outro”.

“Com essas pequenas ações de compreensão e de comunhão, esperamos criar uma onda de solidariedade mundial que remova as pedras que nos bloqueiam, uma onda que nos leve numa viagem que acenda a nossa imaginação. Explorando as nossas energias coletivas em nível mundial – migrantes, refugiados e comunidades juntas – faremos arder o mundo do amor de Deus”, diz o cardeal.

Recentemente a Igreja no Brasil, por meio da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano (CEPEETH), realizou em Pacaraima e Boa Vista a “Missão Fronteira Brasil-Venezuela”. Desde 2016 a região tem recebido milhares de imigrantes que chegam ao Brasil fugindo da crise política e econômica da Venezuela. Durante a missão os representantes de diversas pastorais, organismos e serviços, visitaram as famílias nos abrigos e dialogaram com representantes dos poderes públicos, Igrejas, e outras lideranças locais.

Leia a carta do Cardeal Tagle na íntegra Português Espanhol Francês Inglês

Por Jucelene Rocha

Rede de Comunicadores/as

Cáritas Brasileira

Com Informações do Vantican News

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br