English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Movimentos ocupam Ministério da Fazenda, em Brasília, na luta contra reforma da previdência

15 de março de 2017
IMG-20170315-WA0002
Mais de 1,5 mil pessoas ocuparam na madrugada desta quarta-feira, dia 15 de março, a sede do Ministério da Fazenda, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF). A ação faz parte do Dia Nacional de Mobilização e Paralisação Contra a Reforma da Previdência e é organizada por movimentos sociais do campo e da cidade que integram as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.
 
A perda de direitos e os retrocessos promovidos pelo governo Michel Temer são os principais motivadores da ocupação, que tem sua centralidade na luta contra a reforma da previdência, enviada ao Congresso Nacional por Temer em dezembro do ano passado.
 
O governo alega que existe um rombo na previdência fiscal, o que já foi desmentido pelo DIEESE e também por especialistas em auditoria, como a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil. Enquanto o governo discursa justificando a reforma da previdência com o déficit, Temer e seus aliados seguem oferecendo desonerações fiscais às empresas privadas, não combatem efetivamente a sonegação fiscal, o que beneficia os sonegadores que têm mais recursos, e perdoa a dívida de centenas de empresas que devem ao INSS um valor de aproximadamente três vezes o tão citado “déficit” da previdência.
 
A ocupação do Ministério da Fazenda é realizada por movimentos da Via Campesina Brasil, MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, MAB – Movimento dos Atingidos por Barragens, MMC – Movimento das Mulheres Camponesas, CONAQ – Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Quilombolas, MTD – Movimento dos Trabalhadores por Direitos, MLT – Movimento de Luta pela Terra, MTST – Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e conta com o apoio de professores da base do Sinpro/DF e de trabalhadores de diversas categorias da base de sindicatos da CUT.
 
A Contag – Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura também se somará à ocupação com mais de 2 mil trabalhadoras e trabalhadores rurais.
 
Dia Nacional de Mobilização
 
As atividades contra a reforma da previdência proposta por Michel Temer mobilizam  milhares de pessoas em todo o Brasil nesta quarta-feira, #15M, dia de paralisações em todas as capitais e diversas cidades do país. O tema também foi um dos eixos principais das mobilizações do último 8 de março, Dia Internacional da Mulher, marcado por uma greve mundial que contou com a adesão da Rede Cáritas Brasileira.
 
Em Brasília, a concentração do ato deste #15M começou por volta das 8 horas, em frente à Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, no Eixo Monumental, local de onde parte dos manifestantes seguiram até o Ministério da Fazenda para se somar à ocupação.
 
Diversos sindicatos também realizarão assembleias e atos nas categorias, sendo que a maior mobilização prevista será a das professoras e professores e das trabalhadoras e trabalhadores da educação.
 
Fonte: MST, com edição da Assessoria de Comunicação da Cáritas Brasileira
Fotos: Vanderlei Martini / Cáritas Brasileira
 
IMG-20170315-WA0009

SOS HAITI FURACÃO

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br


Warning: Unknown: open(/home/174889/data/tmp/sess_c95ab5bcc13b03bfe8d9307fc18c7761, O_RDWR) failed: Disk quota exceeded (122) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/home/174889/data/tmp) in Unknown on line 0