Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Feira Internacional do Cooperativismo (Feicoop) espera receber mais de 300 mil visitantes na 26ª edição do evento de economia popular solidária

10 de julho de 2019

Os termômetros marcavam 2ºC e a geada ainda cobria o Parque da Medianeira, no início da manhã do último sábado (6), quando iniciou o Feirão Colonial, no Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, em Santa Maria (RS). Mas o frio não desanimou agricultores e artesãos e nem espantou o público que há quase três décadas prestigia o evento. A partir de quinta (11), quando terá início a 26ª Feira Internacional do Cooperativismo (Feicoop), a quantidade de consumidores será imensamente maior. A expectativa é receber, pelo menos, 302 mil visitantes até domingo (14), público registrado ano passado.

A Feira é organizada pelo Projeto Esperança/Cooesperança e Banco da Esperança, da Arquidiocese de Santa Maria; Cáritas Brasileira e Cáritas Regional Rio Grande do Sul; Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); e Prefeitura Municipal de Santa Maria, com apoio de diversas entidades e instituições.

A Feicoop é o maior evento de Economia Solidária da América Latina e diferencia-se por unir em um mesmo ambiente uma feira com cerca de 10 mil produtos e o debate de temas como organização social, educação alimentar, sustentabilidade, reforma agrária, cooperativismo, agroecologia, entre outros. No total, serão 67 atividades programadas, como seminários, oficinas, reuniões, debates, audiência pública e encontros.

Coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança e vice-presidente da Cáritas Brasileira, irmã Lourdes Dill é a grande mobilizadora da Feicoop e grande articuladora para o fortalecimento da Economia Popular Solidária.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DE SEMINÁRIOS E OFICINAS

“Seguimos a metodologia organizativa do Fórum Social Mundial, com eventos autogestionários. Ou seja, nós organizamos, articulamos e fomentamos a Feicoop, mas as atividades são coordenadas, gerenciadas e motivadas pelos seus proponentes”, explica a coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança e vice-presidente da Cáritas Brasileira, irmã Lourdes Dill.

A Feira evolui a cada ano. No início, por exemplo, não ocorria a comercialização de bebidas alcoólicas. Hoje, há expositores que vendem vinhos e cervejas artesanais (que não devem ser consumidos no local). O que não entra de jeito nenhum na Feicoop são cigarros e refrigerantes. Água também não é comercializada.

“Temos bebedouros com água filtrada e gelada em todos os pavilhões. Pedimos para que os visitantes tragam seus copos ou garrafinhas, assim diminuímos a quantidade de plástico”, solicita irmã Lourdes.

A maioria dos eventos ocorre em três grandes ambientes interligados: o Parque da Medianeira, onde são instalados os lonões dos seminários, o Palco da Feira e a Praça de Alimentação; o Centro de Referência de Economia Solidária, onde se concentra a feira de produtos em pavilhões; e o Colégio Irmão José Otão, cujas salas de aula recebem oficinas, reuniões e encontros da Feira.

A Feicoop também é sinônimo de cultura. Nesta edição, serão 57 atividades culturais, como lançamento de livros, gravação de programas, apresentações musicais e exibição de vídeos e documentários sobre Economia Solidária.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO CULTURAL COMPLETA

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A FEICOOP

A feira
A Feicoop é uma grande escola de organização, formação de convivência, do voluntariado e dos Movimentos Sociais e Economia Solidária. São 26 anos de construção coletiva e interativa. É um braço do Fórum Social Mundial, que constrói um “Outro Mundo Possível” e onde uma “Outra Economia que já Acontece!”.

A 26ª edição
A 26ª Feicoop será realizada de 11 a 14 de julho de 2019, no Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, em Santa Maria (RS), com o tema “Construindo a sociedade do bem viver: por uma ética planetária”. A entrada é gratuita.

Localização
A maioria dos eventos da Feicoop ocorre em três ambientes interligados, localizados na Rua Heitor Campos, Bairro Medianeira, em Santa Maria (RS): o Parque da Medianeira, onde são instalados os lonões dos seminários, o Palco da Feira e a Praça de Alimentação; o Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, onde se concentra a feira de produtos em pavilhões; e o Colégio Irmão José Otão, cujas salas de aula recebem oficinas, reuniões e encontros.

Horário de funcionamento
Quinta-feira (11): Dia de chegada de caravanas. Não ocorre comercialização de produtos, apenas seminários de formação em Economia Solidária 
Sexta-feira (12): 7h30min às 20h
Sábado (13): 7h30min às 20h
Domingo (14): 7h30min às 18h

Ingresso
Em todos os eventos da Feicoop a entrada é gratuita . 

Alimentação
O almoço será servido entre 11h30min e 14h e este ano terá o valor de R$ 15,00. O tíquete para o almoço deve ser adquirido na banca localizada no fundo do Pavilhão 1 de preferência até as 10h de cada dia. 

Cada almoço dá direito a um pedaço de carne. Se a pessoa desejar um segundo pedaço, deve adquirir um tíquete no valor de R$ 2,00. 

A Feicoop também conta com Praça de Alimentação, junto ao Palco da Feira, no Parque da Medianeira, que serve lanches variados.

Campanha Juntos pela FEICOOP
Devido a falta de recursos para realização da 26ª Feicoop, o Projeto Esperança/Cooesperança e Cáritas Rio Grande do Sul desenvolvem a campanha Juntos pela Feicoop. A iniciativa visa obter recursos para garantir a estrutura física e logística da Feira.  

Doações podem ser feitas, até o dia 31 de julho, pelo site http://caritasrs.colabore.org/Feicoop ou por depósito na conta corrente 30565-0 (Cooesperança), agência 0126 (Banco do Brasil) – CNPJ 93155067/0001.86. 

Economia Solidária
É um jeito diferente de produzir, de comprar, de trocar, de vender, de consumir produtos, oferecer e receber crédito. O que move esta economia é o desejo de que não existam excluídos, que a riqueza produzida no trabalho seja partilhada e que todos tenham qualidade de vida.

A Economia Solidária é também uma estratégica de desenvolvimento sustentável que considera todas as dimensões econômica, social, cultural, ambiental, política…

Formação
Durante a Feicoop ocorrem práticas do comércio justo e consumo ético e solidário, trocas solidárias com moeda social e atividades de formação e interação. Não há consumo de cigarros e bebidas alcoólicas (vinhos e cervejas artesanais vendidos na Feira não devem ser consumidos no local) e a água não é comercializada durante o evento. A Economia Solidária entende que a água é um bem universal e um patrimônio da humanidade (são disponibilizados bebedouros com água filtrada nos pavilhões da Feira).

Refrigerantes também não são vendidos. Os produtos oferecidos na Feira são de procedência ecológica. A organização do evento trabalha com a teoria e a prática, articulando campo, cidade e as diferentes culturas e etnias.

Exposição
São expostos para comercialização na Feira cerca de 10 mil produtos, entre agroindústria familiar, artesanato, alimentação, hortifrutigranjeiros, plantas ornamentais, serviços e produtos de povos indígenas.

Público
Em 2018, 302 mil pessoas prestigiaram o evento. A 25ª Feicoop contou com a representação de 3,5 mil empreendimentos organizados em rede, 583 municípios, 26 estados brasileiros e Distrito Federal; fóruns locais e macrorregionais de Economia Solidária no país; Fórum Brasileiro de Economia Solidária; entidades públicas e privadas; Universidades; Fundos Solidários; Redes Nacionais e Internacionais de Economia Solidária.

Organização
A Feicoop é organizada pelo Projeto Esperança/Cooesperança e Banco da Esperança, braços da Arquidiocese de Santa Maria; Cáritas Brasileira e Cáritas Regional Rio Grande do Sul; Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); e Prefeitura Municipal de Santa Maria, com apoio de diversas entidades e instituições.

Informações
Para mais informações sobre a 26ª Feicoop, entre em contato com o Projeto Esperança/Cooesperança pelo telefone (55) 3219-4599 ou pelo e-mail projeto@esperancacooesperanca.org.br ou pelo site www.esperancacooesperanca.org.br.

Curta a fanpage da Feicoop: https://www.facebook.com/feicoop.

Com informações e fotos de Maiquel Rosauro

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br