Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Colombianito Cone Sul encerra seminário relembrando testemunho de dom Helder Câmara

30 de abril de 2014

Dom Helder Câmara era referência na luta pela paz e justiça social. Seu trabalho é conhecido em todo o mundo, e seus exemplos e palavras foram perpetuados até hoje. Ele foi arcebispo de Olinda e Recife, e é fundador da Cáritas Brasileira. Inspirados pelo seu testemunho, os participantes do seminário “Colombianito Cone Sul” realizaram uma cerimônia de encerramento na tarde de ontem (29). A celebração aconteceu na Igreja da Sé, em Olinda (PE).  

Conduzida pelo presidente da área Pastoral Social Caritas Chile, monsenhor Pedro Ossandón, a celebração foi realizada na Igreja da Sé por um motivo especial. O local abriga uma capela especialmente projetada para guarda os restos mortais de dom Helder.

No início da celebração, monsenhor Pedro, fez um momento de silêncio e convidou a todos a trazer à memória a lembrança dos mais empobrecidos. Em seguida, monsenhor Ossandón relembrou a trajetória e os ensinamentos deixados por dom Helder. “Era um profeta dos pobres para os pobres. Pensava numa Igreja na América Latina para os pobres”, refletiu Ossandón.

IMG_3296

Na ocasião, o secretário da Cáritas Brasileira Regional Nordeste 2, Angelo Zanré, que teve a oportunidade de conhecer pessoalmente dom Helder, também relembrou e destacou a simplicidade e garra do “dom da Paz” na luta pela causa dos mais pobres e necessitados.

O segundo momento da celebração foi conduzido pela assessora nacional do Programa Infância, Adolescência e Juventude (PIAJ), Alessandra Miranda, e pelo assessor do PIAJ no Regional Minas Gerais, Leon Patrick. Como parte das mobilizações para a campanha mundial “Uma família humana, pão e justiça para todas as pessoas”, bem como um gesto simbólico de partilha, os participantes do Colombianito se reuniram em volta da mesa, no altar da igreja, para fazer orações e refletir sobre o verdadeiro sentido da campanha.

De acordo com Miranda, a mesa é um símbolo muito representativo da campanha mundial. “Na mesa vivemos e sonhamos as utopias. Queremos que este símbolo vá a todos os Colombianitos e desejamos que esta comunhão se estenda a cada um/a que participou desse seminário”, diz.  

Fazendo menção aos símbolos da eucaristia e destacando a importância da campanha mundial, monsenhor Ossandón, encerrou a celebração de envio deixando uma mensagem a todos os participantes do Colombianito: “Que Cristo seja um pão partido e que todos sejam alimentados por este pão”, disse.

Por Kilma Ferreira | Assessoria de Comunicação Cáritas NE2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Comentários

Pedro Kaian:

ESTA CRIATURA AÍ ACIMA É PADRE? DE QUE ARQUIDIOCESE? MUITO ANTI-LITÚRGICO,CELEBRANDO SEM TÚNICA, E AINDA NA CATEDRAL, É QUE DOM FERNANDO DE UNS BONS CARÕES NELE.

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br