Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Cáritas Minas lança Campanha Mundial com a presença de pastorais e movimentos

02 de junho de 2014

A Cáritas Regional Minas Gerais lançou oficialmente durante o Fórum das Pastorais Sociais Leste II, a Campanha Mundial contra a Fome, a Pobreza e as Desigualdades: “Uma Família Humana, Pão e Justiça para Todas as Pessoas”. O encontro foi realizado dentro das atividades do Fórum das Pastorais Sociais Leste II (Minas e Espírito Santo).

A Cáritas pretende com a campanha, sensibilizar e mobilizar a Igreja e a sociedade sobre a realidade da fome, da miséria e das desigualdades no mundo e no Brasil, além de evidenciar ações promovidas pela Rede Cáritas e pela Igreja no enfrentamento a essas duras realidades.

A base para qualquer mudança real vem de dentro de nós em primeiro lugar, e na nossa capacidade de ver o rosto de Cristo naqueles que sofrem de fome. Quando começamos a olhar para dentro de nós mesmos e refletimos sobre as questões em torno da fome, tanto no nosso país quanto fora, podemos perceber que somente trabalhando como uma única família em um espírito de compaixão e de unidade é que nós podemos finalmente pôr fim a uma grave injustiça: há comida suficiente no mundo e mesmo assim milhões de pessoas ainda sofrem com a fome.

O bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom Luiz Gonzaga Fechio  esteve presente ao evento  e apresentou um vídeo que fala sobre o desperdício de alimentos. “Infelizmente, jogamos mais alimentos nas latas dos lixos do que consumimos”, alerta o religioso.

Para o secretário da Cáritas Minas, Rodrigo Pires, a fome não é natural, mas uma consequência. Ele ainda ressalta que a Campanha passa por vários outros meios como uma melhor alimentação sem o uso dos agrotóxicos , bem como a degradação do meio ambiente pelos grandes projetos de mineração, dentre outros.

A Assessora Técnica do Conselho Regional de Nutrição 9, Beatriz Carvalho, falou sobre o aumento do número de doenças nos últimos tempos causadas pelo uso de agrotóxicos. ” A fome não é apenas a ausência da quantidade de comida, mas também da falta de alimento saudável e de qualidade”, explica. Ela ainda ressaltou sobre a participação da sociedade em conhecer a Campanha Permanente contra o Uso de Agrotóxicos.os, bem como a degradação do meio ambiente pelos grandes projetos de mineração, dentre outros.

Mateus Alves, o Bento, do Movimento dos Atingidos pelas Barragens (MAB), ressaltou que a Campanha lançada pela Rede Cáritas e CNBB, presta uma grande ajuda à sociedade. “Temos que melhorar e muito a questão da fome no nosso país”, reflete lembrando do médico Josué de Castro que escreveu diversos livros sobre o flagelo da fome. Em 1946, no livro “Geografia da Fome”, ele afirmava que a fome não era um problema natural, isto é, não dependia nem era resultado dos fatos da natureza, ao contrário, era fruto de ações dos homens, de suas opções, da condução econômica que davam a seus países.

Durante o evento, os agentes Cáritas entregaram  folders e adesivos alusivos à Campanha aos presentes. Além de uma bonita celebração com música e velas acesas .O bispo Dom Luiz Gonzaga abençoou os pães que foram partilhado por todos. Mais imagens em nossa fanpage – www.facebook.com/caritasmg

por Regiane Ferreira, assessora de Comunicação da Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br