Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Cáritas e governo do Pará firmam parceria em XVI Assembléia Nacional

19 de outubro de 2007

O presidente da Cáritas Brasileira, Dom Demétrio Valentini, e o secretário de Integração Regional do Estado do Pará, André Farias, assinaram no dia 16/10 um protocolo de intenções no qual o governo se compromete a apoiar técnica e financeiramente as ações sociais da entidade no Estado. A parceria foi firmada durante a abertura da XVI Assembléia Nacional da Cáritas, no Cenóbio da Transfiguração, em Castanhal (PA), com a presença da governadora Ana Júlia Carepa.

A governadora ressaltou a importância da realização da Assembléia na região, que pela primeira vez acontece no Pará. “Temos muitos desafios a enfrentar, mas vocês podem contar com um governo parceiro, porque é possível ter um modelo de desenvolvimento sem precisar destruir nossa região”, afirmou Ana Júlia.

Também estiveram presentes secretários de Estado; deputados estaduais; o prefeito da cidade, Hélio Leite; lideranças religiosas e mais de 200 representantes da Cáritas de todo o país. O assessor especial da presidência da República, Selvino Rech, e o representante da Cáritas Suíça, Marcos Burri, também acompanharam a abertura do evento.

A cerimônia teve início com uma representação do ritual do Círio de Nazaré – homenagem que simboliza a devoção do povo paraense a Nossa Senhora, padroeira da Amazônia. Dom Carlos Vanzelitti, bispo de Castanhal (PA) e anfitrião da assembléia, deu as boas-vindas aos participantes. Segundo ele, a diocese de Castanhal foi a última criada pelo papa João Paulo II e é uma das mais novas do país. Explicando o significado da palavra cenóbio – retiro para estudar, refletir e rezar sob a inspiração da vida comum e fraterna, ele espera que os/as participantes possam voltar às suas regiões “transformados pelo encontro com Jesus e com os irmãos”.

O presidente da Regional Norte 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Jesus Cizaure Berdonces, agradeceu o olhar da Cáritas para a Amazônia. “Temos um povo com uma rica cultura, mas também temos grandes desafios para enfrentar as situações de morte e injustiça”.

Para Dom Demétrio Valentini, a assembléia será um momento para sentir de perto os anseios amazônicos. “Sintonizada com a Igreja do Brasil e com a sociedade, esta assembléia marca a caminhada da Cáritas pelo compromisso com a Amazônia”.

Durante a celebração inicial, a organização do evento distribuiu cuias para que os participantes evitem o uso de copo descartável.

Os grupos de dança Iaçá, da marujada de Bragança e o arraial da Pavulagem fecharam a noite com muita música, festa e animação para ninguém ficar parado, ao som do carimbó e outros ritmos típicos da região.

Participam 210 entidades-membro, sendo 112 mulheres e 98 homens. A XVI Assembléia Nacional da Cáritas vai até o dia 20 de outubro e tem como objetivo definir a atuação da entidade para os próximos quatro anos e eleger a nova diretoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br