Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Cáritas de Sobral (CE) realiza oficina de fotografia com juventudes do campo

18 de setembro de 2015

Nos dias 05, 06 e 07 de setembro estiveram reunidos cerca de 30 jovens na comunidade de Lagoinha I, município de Itapipoca (CE) na I oficina de fotografia realizada com juventudes do campo pela Cáritas Diocesana de Sobral em parceria com a Cáritas Diocesana de Itapipoca, através do Projeto Redes Ecoforte.

Durante os três dias de oficina, os jovens foram capacitados para o aprimoramento das técnicas fotográficas, trabalhando o senso crítico de cada um e cada uma, respeitando suas características individuais  e seu o potencial criativo. O encontro foi uma maneira de reafirmar, através da vivência prática em campo, a identidade rural dos jovens campesinos.

Foi feita uma reflexão acerca do uso de algumas ferramentas de comunicação e como essas fotografias poderiam ser utilizadas para a divulgação das ações em cada comunidade e de cada município, trabalhando a desmistificação de um semiárido inviável, como os meios de comunicação em massa alegam, criando um novo imaginário e ampliando as estratégias de convivência. “As imagens tanto podem libertar, como escravizar”, afirmou Ivo Sousa, o facilitador da Oficina.

No rosto de cada um e cada uma, foi perceptível a importância da oficina, já que muitas vezes, por falta de perspectivas de vida no campo e falta de engajamento em alguns processos comunitários, esses jovens acabam se deslocando de seu meio para os centros urbanos.

Desta forma, o encontro contribuiu bastante para fortalecer a discussão sobre a agroecologia, segurança e soberania alimentar através das sementes da vida/crioulas fortalecendo o diálogo do resgate, da preservação e multiplicação das sementes.

Na prática, durante os dias da oficina, os jovens tiveram mais contato e maior entrosamento com a comunidade e, nessa vivência, foi possível conversar com sr.Pedro Pirote, um dos primeiros moradores da comunidade, que tem 67 anos e contou com alegria a sua forma agroecológica de trabalhar e da contribuição da casa de sementes na comunidade. “Aqui, eu quero dizer, para os sócios escutarem, que a coisa melhorou para quem quer trabalhar. Com a casa de sementes que tem em nosso lugar vai ter mais facilidade na hora que for plantar“.

Por fim, no momento de avaliação, todos colocaram a importância do momento e, também, que ficaram surpresos. “O encontro superou nossas expectativas”, afirmou Antônio Rodrigues, da Comunidade quilombola de Nazaré – Itapipoca, um dos participantes do encontro.

 

Por Lívia Teixeira :: assessora de comunicação da Cáritas Diocesana de Itapipoca e Sobral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br