English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Brasil sedia reunião da Cáritas América Latina e Caribe

08 de novembro de 2016
banner_corrigido

A Cáritas Brasileira é anfitriã até esta terça-feira, dia 8 de novembro, da reunião anual da Coordenação Regional (Core) Ampliada da Cáritas América Latina e Caribe. Participam do encontro o presidente do Secretariado Latino-Americano e Caribenho da Cáritas (Selacc), como é conhecida a Cáritas regional, monsenhor José Luis Azuaje; o coordenador regional da Cáritas, padre Francisco Hernández Rojas; os/as coordenadores/as das quatro zonais em que está organizada a Cáritas regional (Bolivariana, Camex, Caribe e Conse Sul), os coordenadores das equipes de trabalho que integram o secretariado regional, entre outros agentes Cáritas.

Nove países estão representados no encontro, a saber: Chile, Colômbia, Costa Rica, Haiti, Honduras, México, Peru e Venezuela, além do Brasil. Ainda participam representantes da Caritas Internationalis, entre os quais o monsenhor Pierre Cibambo Ntakobajira, assessor eclesial da confederação; da Cáritas Espanhola, Ana Cristina García; o monsenhor Gustavo Rodríguez, presidente do Departamento de Justiça e Solidaridade (Dejusol) do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), e dom João Costa, presidente da Cáritas Brasileira. O encontro, que se iniciou no dia 2 e encerraria no dia 8, foi realizado na cidade de Campos do Jordão (SP).

“Esta reunião da Core Ampliada nos permite falar sobre o trabalho, identificar nossos acertos e onde temos errado no caminho – e onde, portanto, necessitamos de um plano de melhorias. Permite também que possamos mirar as perspectivas, para onde podemos ir, sempre buscando a transformação da realidade e o impacto sobre os grandes conflitos existentes em nível regional, para alcançar um outro mundo possível, para garantir a experiência do Reino [de Deus] nesta terra, e que os mais pobres, os marginalizados, os descartados, possam conquistar capacidades e oportunidades de ter uma vida digna”, aponta Francisco Hernández.

O trabalho em conjunto com as populações marginalizadas referido por padre Francisco compõe a própria identidade da Cáritas na região, e pode ser ampliada também para a população em geral do continente latino-americano. “A identidade da Cáritas América Latina e Caribe vem de uma mesma experiência, de uma mesma comunidade. Vem de um Cristo que tem nos acompanhado e que continua a nos acompanhar em todos os processos, especialmente na opção pelos pobres e na humildade, e que também se expressa na necessidade de construção de um Reino de Paz, Amor, Justiça e Liberdade”, revela monsenhor Azuaje.

Para o presidente da Cáritas América Latina e Caribe, é deste trabalho que “brota o que vem a ser esta identidade que nos faz a todos irmãos no serviço aos mais pobres. A força desta  identidade é justamente o serviço aos mais pobres, pois sabemos que em nossa América Latina há um acúmulo de sofrimentos, de injustiças. Mas sabemos também que há uma  imensidade de riquezas espirituais e de solidariedade”.

Por Luciano Gallas / Assessoria Nacional de Comunicação da Cáritas Brasileira

SOS HAITI FURACÃO

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br