English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Arquidiocese de Mariana emite nota lamentando desastre em Bento Rodrigues

06 de novembro de 2015
Foto tragédia em Bento Rodrigues

Por meio de nota, Dom Geraldo Lyrio Rocha, da Arquidiocese de Mariana, lamentou profundamente a tragédia ocorrida na tarde desta quinta-feira, dia 5 de novembro, no Distrito de Bento Rodrigues, localizado a 23 quilômetros do município de Mariana/MG.

Houve no local o rompimento da barragem de rejeitos da empresa mineradora Samarco, fato que vitimou centenas de pessoas. A região foi inundada com lama, rejeitos sólidos e água usada no processo de mineração.

Segundo a prefeitura de Ouro Preto, a barragem rompeu por volta das 16h20min. De acordo com a Guarda Municipal, todo o Distrito de Bento Rodrigues ficou alagado. Há pouco contato, até o momento, com as equipes de resgate, por isso não é possível precisar o número exato de feridos e desaparecidos.

A nota da Arquidiocese de Mariana exorta todas as comunidades a prestarem sua solidariedade às vítimas, com acolhimento, doação de alimentos e roupas e o oferecimento de preces.

Abaixo a nota na íntegra:

Nota da Arquidiocese de Mariana sobre a tragédia em Bento Rodrigues

Somos atribulados, mas não desanimamos; postos em dificuldade, mas não vencidos; prostrados por terra, mas não aniquilados (cf. 1Cor 4,8s)

A Arquidiocese de Mariana lamenta profundamente a tragédia ocorrida na tarde desta quinta-feira, 5 de novembro, no Distrito de Bento Rodrigues, neste Município de Mariana, provocada pelo rompimento da barragem de rejeitos Fundão, da empresa Samarco Mineradora, vitimando centenas de pessoas. Manifestamos nossa mais sentida solidariedade às famílias que tiveram suas casas e seus bens destruídos e às que choram a morte de seus entes queridos, vítimas dessa catástrofe de proporções incalculáveis.

O momento é de unir esforços para minimizar a aflição e o sofrimento de todos que foram atingidos por essa tragédia. Exortamos nossas comunidades a prestarem sua solidariedade às vítimas, acolhendo-as, doando alimentos e roupas, confortando-as, oferecendo-lhes suas preces. A generosidade de todos será bálsamo a atenuar a aguda dor que toma o coração dos irmãos e irmãs que sofrem com essa terrível catástrofe.

A apuração das responsabilidades por tamanha tragédia é uma exigência da justiça e condição para que tal situação nunca mais se repita.

Rogamos a Deus fortalecer e consolar, com seu amor generoso, todos que foram atingidos por esse acidente. A fé nos aqueça a esperança e nos estimule a solidariedade para diminuir a dor que é de todos os marianenses e que deixa enlutados este município e o Estado de Minas Gerais. Nossa Senhora da Assunção e São José, Padroeiros de nossa Arquidiocese, intercedam por todos nós neste momento de profunda dor e grande sofrimento.

Mariana, 5 de novembro de 2015
Dom Geraldo Lyrio Rocha, Arcebispo de Mariana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

SOS HAITI FURACÃO

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br