Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Cáritas Brasileira e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviam um milhão de reais em ajuda humanitária às pessoas atingidas pelo Ciclone Idai, na África

03 de maio de 2019

Pelo menos 1,6 milhão de crianças precisam de assistência urgente: alimentação, nutrição, proteção, educação, água e saneamento (foto: Caritas Internacionale)

A Cáritas Brasileira e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com a ajuda da Igreja e do povo brasileiro, enviam um milhão de reais para ajuda humanitária às pessoas atingidas pelo Ciclone Idai em Moçambique, Zimbábue e Maláui, na África.

O ciclone Idai, na forma de uma tempestade tropical, aconteceu no dia 14 de março de 2019, na cidade costeira moçambicana da Beira, deslocando-se um dia depois para o Zimbábue e Maláui.

O ciclone causou mais de mil mortes, deixou  603 vítimas em Moçambique, 344 no Zimbábue e 56 no Maláui.

Estima-se que três milhões de pessoas – mais da metade delas crianças – precisem de ajuda em Moçambique, Zimbábue e Maláui. Entre as crianças que precisam de ajuda, há aquelas que perderam os pais em decorrência dessa tragédia, uma das maiores, na costa sudeste da África.

Segundo o Unicef, doenças como cólera,malária, e a desnutrição, além da destruição das casas, são hoje, os principais riscos para as crianças atingidas, em Moçambique. E muitas delas ficaram órfãs. 

Na noite de quinta-feira (25/04) um novo ciclone, o Kenneth, chegou ao Moçambique seis semanas após o Idai devastar o país africano e matar mais de mil pessoas na região.

A tempestade Kenneth traz o dobro de chuvas que vieram com o ciclone Idai.

  • Só em Moçabique o número de mortes oficial aumentou para, pelo menos, 602 pessoas, com 1,600 feridos, de acordo com Governo do país;
  • Pelo menos 142 mil pessoas estão abrigadas em 139 locais;
  • Mais de 239.682 casas foram totalmente destruídas;
  • 111.163residênciasforam parcialmente destruídas;
  • 15.784 casa foram inundadas, um aumento significativo a partir do ciclone Kenneth (mais de 198.300);
  • Mais de 27.764 pessoas estão em situação de vulnerabilidade;
  • Mais de 715.300 hectares de plantações danificadas;
  • 54 unidades de saúde afetadas;
  • Mais de 3.300 salas de aula impactadas;
  • 262.120 estudantes foram afetados pelo impacto do ciclone e da inundação.

Boletim SOS África

A Cáritas está em Moçambique no apoio à pessoas atingidas pelo Ciclone Idai há cerca de um mês. Estamos para salvar vidas e a restaurar a esperança!! O amor em movimento

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br