Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Campanha Pegadas de Ternura terá início no Brasil com ato em Brasília

22 de junho de 2018

Foi dada a largada para a campanha Pegadas de Ternura, a caminhada passará por 20 países da América Latina e Caribe com o objetivo de mobilizar a sociedade civil para o desafio de eliminar a violência contra crianças e adolescentes. A iniciativa é organizada pela Visão Mundial, Cáritas e várias outras organizações.

A caminhada chegará ao Brasil em abril de 2019, e para marcar o início dessa trajetória, neste próximo domingo (24), às 11h30, horário de Brasília, um ato simultâneo, vai promover o início do movimento. Em Brasília, o gesto de soltar balões brancos, que vai se repetir em vários outros países, vai acontecer no Parque Ana Lídia, local emblemático para a capital do país, pois foi neste lugar que a menina Ana Lídia, aos sete anos de idade, foi brutalmente assassinada, em setembro de 1973.  O caso até hoje está impune.

Despertar consciências

 A iniciativa “Pegadas da Ternura” (Huellas de Ternura), teve início no México, com uma missa celebrada em Tijuana, na fronteira com os Estados Unidos, a caminhada, que durante um ano e três meses vai percorrer os países da América Latina, tem o objetivo de despertar as consciências sobre os direitos da criança, além de denunciar as situações de exploração e violência, difundir uma nova cultura e a “revolução da ternura” tão desejada pelo papa Francisco.

A iniciativa é liderada pelo Conselho Episcopal Latino-americano (Celam) que através do departamento Justiça e Solidariedade iniciou o programa “Centralidade da Infância”, junto com a Pastoral da Criança Internacional da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a World Visión América Latina.

Organismos como a Cáritas Latino-americana e Caribenha, o Departamento Vida, Família e Juventude do Celam, a Associação Latino-americana de Educação Radiofônica (ALER), o organismo “Semeadores da Paz” e Infância Missionária da Colômbia, a Federação Internacional Fé e Alegria e as Pontifícias Obras Missionárias, também aderiram a esta campanha.

A palavra-chave é “ternura”

A palavra-chave é “ternura”, termo que assumiu centralidade no magistério do papa Francisco, que deve ser entendido como “elemento para promover políticas públicas, interculturais, integrais e integrantes; possibilidade para criar espaços de diálogo a fim de construir renovadas condições espirituais, teológicas, econômicas, políticas e jurídicas que tornem possível o direito a uma vida digna e plena”; oportunidades para “gerar ações incisivas em cada país graças à ação dos promotores”. 

Junte-se a nós nessa campanha. #ItTakesaWorld

Por Jucelene Rocha – Rede de Comunicadores/as da Cáritas Brasileira

MAGRE BRASIL

Faça parte dessa rede

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.
Prestação de Contas

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br