English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Projeto promove restauração de nascentes no Espírito Santo

05 de abril de 2018
Reflorestamento

Recentemente a Igreja no Brasil realizou a Coleta da Solidariedade, esta ação comunitária gera o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS), uma iniciativa que busca fomentar ações concretas a partir da proposta da Campanha da Fraternidade  (CF) que este ano refletiu sobre o tema Fraternidade e superação da violência, tendo como lema Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8). A partir das doações que aconteceram no Domingo de Ramos, 25 de março, muitas iniciativas ganharão vida e força em todo o país.

Uma das iniciativas que já receberam apoio do Fundo Nacional de Solidariedade é o projeto “Plantando água e colhendo vidas” que acontece em municípios do Espírito Santo. Pensando no cuidado com a casa comum, na manhã de sábado, 03 de março, aconteceram três atividades do Projeto com a construção de cercas de proteção e o reflorestamento em áreas de nascentes rurais no Balneário Dourado, município de Ponto Belo, na comunidade Vargem Grande, município de Jaguaré e no Assentamento do Arthur, Distrito de Braço do Rio, município de Conceição da Barra, considerando como prioridade aquelas que se encontravam em área de recarga da nascente, com aspectos de degradação e onde o proprietário aceitou os critérios do projeto.

Reflorestamento 27-02 9

A ação foi promovida pelas equipes Cáritas Paroquiais de Ponto Belo/Mucurici, Jaguaré e Braço do Rio que tiveram a missão de mobilizar parceiros, comunidades e, sobretudo proprietários que possuíam nascentes conforme critérios mencionados.

Rúbia Grobério, coordenadora da Cáritas Paroquial de Jaguaré destacou: “Ver a união de todos, o fortalecimento da equipe Cáritas, a participação da comunidade e a busca por novos projetos é de tamanha importância para o desenvolvimento do município”.

Também as Cáritas Paroquiais dos municípios de Vila Pavão, Ecoporanga, Conceição da Barra e Barra de São Francisco realizaram a mesma ação entre novembro de 2017 e fevereiro 2018.

A iniciativa em todos os municípios prevê continuidade, com envolvimento de novos atores e o envolvimento e participação da sociedade em geral. “Maravilhoso trabalho de equipe. Ações como essa fazem a gente viver o céu aqui na terra. Lindo, lindo! Coisas boas e bonitas devem contagiar”, afirma Ir. Lizete, da Cáritas Paroquial de Ponto Belo/Mucurici.

Sobre o projeto

O projeto “Plantando água e colhendo vidas” aprovado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) através do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) tem por objetivo cercar e reflorestar oito nascentes no âmbito da Diocese de São Mateus, através da mobilização da comunidade, instituições públicas e privadas, pastorais, dentre outras representações. “A ideia é que seja plantada a semente para que outras nascentes sejam revitalizadas, formando assim uma rede para o cuidado com a casa comum”, afirma Cristiane Bronzoni, coordenadora da Cáritas Diocesana.

O projeto foi aprovado no segundo semestre de 2017, com recursos adquiridos nas doações de Domingo de Ramos que ocorrem todos os anos na Igreja Católica. Além do cuidado com as nascentes, o recurso também financiou a realização de Seminário na Semana da Solidariedade voltado para a capacitação dos agentes Cáritas e a sensibilização da comunidade para a recuperação de áreas degradadas.

Por Jucelene Rocha,
Rede de Comunicadores/as
Cáritas Brasileira
Com informações de Cristiane Bronzoni
Cáritas Diocesana de São Mateus

MAGRE BRASIL

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br