English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Chuvas e deslizamentos deixam mais de 200 mortos na região de Mocoa, na Colômbia

03 de abril de 2017
mocoa3

“Estamos em uma situação complexa e caótica”. Foi assim que o bispo de Mocoa, monsenhor Luis Albeiro Maldonado Monsalve, descreveu a tragédia do departamento de Putumayo após o transbordamento de rios e o deslizamento de terras na madrugada deste sábado, 1º de abril. Mais de 200 pessoas morreram na tragédia.

O prelado fez um chamado para que se preste a ajuda emergencial necessária às pessoas atingidas, recordando que se requer com urgência água potável, alimentos não perecíveis, cobertores e colchões/colchonetes, entre outros. “Fazemos um chamado à solidariedade, para nos unirmos todos neste momento difícil, e olharmos para esta região tão necessitada”, declarou ele.

Monsenhor Maldonado Monsalve indicou que a Igreja montou um comitê central na diocese para atender, escutar e acompanhar as vítimas da tragédia. Igualmente recordou que a Conferência Episcopal da Colômbia, por meio da Pastoral Social, formou uma equipe técnica que nas próximas horas viajará à cidade de Mocoa para prestar o apoio necessário à população.

Episcopado ora por Mocoa

Ante a grave tragédia causada pelo transbordamento de rios em Mocoa, os bispos católicos da Colômbia oferecem suas orações pelo eterno descanso das pessoas falecidas e pedem a Deus que fortaleçam aqueles e aquelas que foram atingidos/as. Assim se manifestou o episcopado por meio de um comunicado divulgado ainda no sábado, assinado pelo secretário-geral da conferência, monsenhor Elkin Fernando Álvarez.

Os prelados convidam as comunidades eclesiais e as pessoas e instituições de boa vontade a pôr em marcha iniciativas para ajudar de forma eficaz a superação desta crise e mobilizar para os processos de reconstrução. Finalmente, convidam a todos os colombianos a unirem-se em oração pelos irmãos e irmãs de Mocoa.

Papa Francisco se solidariza

Durante a oração de Angelus na cidade italiana de Carpi, onde se encontra para uma visita apostólica, o Papa Francisco emitiu palavras de solidariedade e consolo para as vítimas dos deslizamentos de terra que afetaram a região sul da Colômbia. ”Estou profundamente consternado por esta tragédia que atingiu a Colômbia, onde una gigantesca avalanche de lodo, na localidade de Mocoa, deixou numerosos mortos e feridos”.

“Rezo pelas vítimas e quero assegurar minha proximidade para com aqueles que choram os desaparecidos”, continuou o pontífice. O Papa Francisco também agradeceu pelos gestos de solidariedade de todas aquelas pessoas que têm ajudado as vítimas do desastre. Os deslizamentos de terra e o transbordamento dos três rios que cruzam a cidade de Mocoa, principal cidade do departamento de Putumayo, ocorreram em função da quantidade de chuvas que atingiram aquela região em poucas horas.

Por Conferência Episcopal da Colômbia
Tradução e edição: Luciano Gallas / Assessoria de Comunicação da Cáritas Brasileira

Leia mais:

Cáritas Brasileira presta solidariedade aos irmãos e irmãs da Colômbia por tragédia

PicsArt_04-01-03.02.19

SOS HAITI FURACÃO

Redes Sociais

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Brasileira
SDS - Bloco P - Ed. Venâncio III
Sala 410 - CEP: 70393-900


Brasília/DF
+55 (61) 3521-0350

caritas@caritas.org.br